Um presente de Deus: O escapulário

O escapulário, ou o bentinho como é conhecido, foi dado a São Simão Stock, por Nossa Senhora do Carmo, quando a Ordem do Carmo passava por uma grande dificuldade!

Deus na sua infinita bondade nos cerca de carinho e cuidado. Deu-nos sua Santa Mãe, que apareceu aos homens em diversas ocasiões. Em uma delas, na invocação de Nossa Senhora do Carmo, apareceu a São João Stock quando esse passava por uma provação muito grande. Então a Ordem do Carmo recém chegada na Europa, a qual ele era o superior, estava a ponto de desaparecer.

A Virgem do Carmo apresentou-lhe o seu manto: O escapulário do Carmo, dizendo que todos aqueles que o usassem receberia muitas e muitas graças, e que teria a promessa da salvação final. Vamos então receber esse presente vindo do Céu! Usá-lo com fé e com amor, para sermos protegidos pelas mão misericordiosas da Santa Virgem Maria!

1 – Qualquer padre tem poder para benzer e impor na pessoa o Escapulário e impo-lo.
2 – Essa bênção e imposição valem para toda a vida, portanto, basta recebê-lo uma vez.
3 – Quando o Escapulário se desgastar, basta substituí-lo por um novo.
4 – Mesmo quando alguém tiver a infelicidade de deixar de usá-lo durante algum tempo, pode simplesmente retomar o seu uso, não é necessária outra bênção.
5 – Uma vez recebido, ele deve ser usado sempre, de preferência no pescoço, em todas as ocasiões, mesmo enquanto a pessoa dorme.
6 – Em casos de necessidade extrema, como doentes em hospitais, se o Escapulário lhe for retirado, o fiel não perde os benefícios da promessa de Nossa Senhora.
7 – Em casos de perigo de morte, mesmo um leigo pode impor o Escapulário. Basta recitar uma oração a Nossa Senhora e colocar na pessoa um escapulário já bento por algum sacerdote.
8 – O Papa São Pio X autorizou substituir o Escapulário por uma medalha que tenha de um lado o Sagrado Coração de Jesus e do outro uma imagem de Nossa Senhora. Mas a recepção deve ser feita com o escapulário de tecido.
9- Não esquecermos de rezar as orações impostas pelo sacerdote, para ganharmos o previlégio sabatino, isto é, após nossa morte sermos retirados do purgatório no primeiro sábado seguinte.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Referência aos textos do Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem

O presente blogue apresenta os textos do "Tratado da Verdadeira devoção à Santíssima Virgem" de autoria de São Luís Maria Grignion de Montfort (31/01/1673 - 28/04/1716). Todos os resumos e textos são baseado na tradução do texto original francês.